30 maio 2012

Sobre ser sonhador

Eu tenho sonhos, e você? Poderia contar-lhe sobre os meus sonhos, mas prefiro discorrer sobre a minha insistência, sobre a minha vontade incansável de realizá-los.
Olha, lê-me com atenção, se você tem um sonho, não desista dele. Nunca.
O quê? Você já tentou várias vezes, mas, infelizmente, fracassou? Que coincidência! Eu também!
Mas eu sou do tipo que nunca desiste, sabe? Nunca mesmo. Mesmo quando todo o mundo já não acredita mais em mim; mesmo quando as pessoas, cruelmente, aconselham-me a desistir. Sim, porque é extremamente atroz desestimular um sonhador.
Diz-me que sentido teria a minha vida se eu desistisse dos meus sonhos? A vida por si só não faz sentido! Os meus sonhos tornam a minha vida significativa, dão-me ânimo para acordar todos os dias e guerrear por eles. Por que, meu Deus, eu desistiria deles?
Eu sei, eu sei, nem só de sonhos pode viver o ser humano. Porém, nada me impede de lutar por meus sonhos enquanto, paralelamente, sobrevivo, levando uma vida convencional, cumprindo todos os deveres de membro da sociedade. Nada me impede. Eu sei que posso lidar com isso. Eu sei que consigo conduzir os meus dias dessa forma. O que eu não posso é desistir. Seria injusto comigo mesma. Não quero me tornar uma pessoa frustrada, com o peso de uma desistência sobre os ombros. Não, eu não quero nem vou.
Apego-me a uma frase que vi por aí: se posso sonhar, posso realizar.
É isso. É exatamente isso. Eu posso realizar. Você pode realizar. Nós podemos realizar os nossos sonhos. Por isso eu quero pedir-lhe encarecidamente: não desista. Eu sei que tentar, tentar e tentar sem conseguir consideráveis avanços pode ser frustrante, mas não desista. Uma hora as coisas vão dar, finalmente e maravilhosamente, certo. Creia nisso.
Quando alguém, sutilmente ou diretamente, admoestar-lhe a desistir, não escute-o. Limite-se a respondê-lo com um "você nunca teve um sonho, não é?". Porque de fato alguém assim não deve saber o que é sonhar.
Não é todo mundo que sabe lidar com a arte de sonhar. Sonhar é para os fortes. Só os fortes persistem ainda que as coisas deem terrivelmente errado por um tempo desagradavelmente longo. Só os fortes continuam acreditando em si mesmos quando todos viram as costas para eles. Só os fortes sonham e lutam bravamente para conquistarem os seus sonhos.
Eu quero crer que eu sou forte. Eu quero crer que sou uma verdadeira sonhadora. E você?

Erica Ferro
*

Há muito tempo estava com as ideias desse post martelando na minha cabeça. Precisava escrevê-lo. Não sei se saiu como eu gostaria, mas me sinto mais leve agora. Sonhemos, meus queridos! Sonhemos e realizemos! Ah, e se o post ficou com cara de autoajuda, não me importo.
(...)
Um abraço da @ericona.
Hasta!

23 maio 2012

Resultado da promoção "O Vale do Terror" - Sir Arthur Conan Doyle


Hello, people! Tudo blue por aí?
É com alegria que posto aqui o resultado da primeira promoção do Sacudindo Palavras. Foram 95 participações na promoção "O Vale do Terror". Esperava mais participações, não vou negar, mas okay, okay. Até porque passei períodos longos sem blogar, e acho que alguns blogueiros que antes me liam pensaram até que eu tinha desistido da blogosfera. Mas ó, I'm here! Voltei mesmo! E espero, aos pouquinhos, retornar a leitura dos blogs que eu tanto adorava (e ainda adoro!).
Mas chega de enrolação, afinal você que está lendo quer saber quem foi que ganhou um exemplar de "O Vale do Terror", certo?
Beleza! Então vamos lá...


O número sorteado foi...



E quem ganhou o livro foi...


(clique na imagem para visualizar o resultado)


Parabéns, Jenifer Yara! Espero que aprecie bastante essa aventura de Sherlock Holmes e seu fiel companheiro Dr. Watson.

* * *

E quem não ganhou, não fique triste, terão outras promoções em breve!
(...)
(...)
Um abraço da @ericona.
Hasta!

20 maio 2012

Editora Martin Claret: Lançamentos | Maio 2012 #2

Olá, povo bonito! Tudo certo por aí?
Este post será uma continuação do anterior, no qual apresentei cinco dos nove lançamentos do mês de maio da Editora Martin Claret. Hoje exibirei os quatro títulos restantes:



Krishna nº 164 - Bhagavad Gita
Coleção A Obra Prima de Cada Autor

O Bhagavad Gita (A sublime canção), poema místico-filosófico, é o episódio mais célebre do Mahabharata e o texto mais venerado pelos hindus.
Um manual de assertividade, ele nos aponta que a humanidade encontra-se perdida entre dois caminhos: o da passividade, em que o homem, consciente das leis do karma, opta por não agir; e o da agressividade, de acordo com o qual o homem age movido pelo ego, pelos próprios interesses. O Bhagavad Gita então aponta um novo caminho, o caminho do sábio: o reto-agir, o agir de acordo com a essência suprema do ser, agir segundo os mais nobres valores.
Traduzido e comentado pelo filósofo e educador Huberto Hoden, este livro é um verdadeiro compêndio das ideiasdo hinduísmo.


Código do Produto: 9722572321709
ISBN: 978-85-7232-170-9
Formato: 14 x 21
Nº de Páginas: 194
R$ 14,90


* * *


O primo Basílio nº 10 - Eça de Queiroz
Coleção A Obra Prima de Cada Autor

Na segunda metade do século XIX, os ideais liberais consolidavam-se sobre os defensores da monarquia em Portugal, e o país vivia relativo progresso. Todavia, velhos costumes permaneciam entranhados na sociedade portuguesa, ocultos sob o véu tênue da moralidade. Em meio a esse conflito entre progresso e atraso, surge a chamada geração de 1870.
Dessa geração, provêm alguns dos maiores nomes do pensamento português, dentre os quais Antero de Quental, mentor intelectual do grupo, e Eça de Queirós, o mais importe prosador realista em Portugal.
Em O primo Basílio, Eça nos apresenta uma típica família burguesa de Lisboa, por meio da qual exporá a fragilidade de algumas das instituições mais caras aos portugueses – o casamento.

Código do Produto: 9788572325288
ISBN: 978-85-7232-528-8
Formato: 14 x 21
Nº de Páginas: 457
R$ 22,90

* * *


O último adeus de Sherlock Holmes nº 133 - Sir Arthur Conan Doyle
Coleção A Obra Prima de Cada Autor

Mais famoso do que seu próprio criador, o detetive retorna em mais uma série de contos em O último adeus de Sherlock Holmes. Vendido em forma de livro em 1917, os contos foram originalmente publicados na revista Strand Magazine, entre os anos de 1893, 1908 e 1917.
Sherlock havia se aposentado no volume anterior, mas os fãs do detetive não deixaram Conan Doyle em paz e, com a eclosão da Primeira Guerra Mundial, o detetive volta à ativa como um agente secreto.
Aqui, você pode ler e se deliciar com os novos casos emocionantes narrados por Watson: “Vila Glicínia”, “O círculo vermelho”, “Os planos do Bruce-Partington”, “O detetive moribundo”, “O desaparecimento de Lady Frances Carfax”, “O pé do diabo” e “Seu último adeus”.

Código do Produto: 9788572328333
ISBN: 978-85-7232-833-3
Formato: 14 x 21
Nº de Páginas: 457
R$ 14,90

* * *


Contos fluminenses nº 252 - Machado de Assis
Coleção A Obra Prima de Cada Autor

Machado de Assis é o maior nome do conto brasileiro em seus moldes clássicos. Contos fluminenses é composto de sete histórias, e representa a estreia do escritor como contista.
As narrativas revelam algumas das marcas registradas do autor, com personagens complexos e passagens recheadas de ironias e críticas à sociedade fluminense.
Organizada por Machado em 1870, a obra contém os contos “Miss Dolar”, “Luís Soares”, “A mulher de preto”, “O segredo de Augusta”, “Confissões de uma viúva moça”, “Linha reta e linha curva” e “Frei Simão”.

Código do Produto: 9788572327183
ISBN: 978 -85 -7232 -718 -3
Formato: 14 x 21
Nº de Páginas: 214
R$ 14,90

* * *

Pronto, lançamentos de maio apresentados. Apreciaram?
Deixem-me comentar: me interessei pelos três últimos títulos. Dois grandes nomes da literatura (Eça e Machadinho, ohn! *-*), e um título de Sir Arthur Conan Doyle, o adorável criador de Sherlock Holmes. E as capas? Mais uma vez eu tenho que dizer que estão lindas.
Ah, no post da promoção "O vale do terror", que aliás é válida até o dia 22/05 (por isso, participem!), falei que postaria algo sobre a competição regional da qual eu iria participar. Participei, mas não foi bem como eu esperava. Escrevi dois posts no Gurias Arretadas sobre ela, um post antes da competição, outro depois. Leiam, se estiverem curiosos pra saber como foi tudo. Não foi bom, aviso logo. Enfim, águas passadas. Seguir em frente é o que farei.
(...)
Vocês já seguem o perfil do Sacudindo Palavras no Twitter? Caso não, sigam clicando aqui. E a fan page do blog no Facebook, já estão curtindo? Não? Curtam clicando aqui.
(...)
Bem, povo querido, nos vemos em breve.
Um abraço da @ericona.
Hasta!

12 maio 2012

Editora Martin Claret: Lançamentos | Maio 2012 #1

Olá, pessoas queridas! Como estão? Tudo em paz?
Como o título denuncia, o post será sobre os lançamentos da Editora Martin Claret do mês de maio. São nove títulos, decidi então, para que o post não ficasse tão extenso, dividi-lo em duas partes.
Hoje, postarei cinco títulos; no próximo post, postarei os quatro restantes.

São eles:


O Guarani n° 17 - José de Alencar
Coleção A Obra-Prima de Cada Autor

O guarani – romance mais famoso de José de Alencar – foi uma
das primeiras obras criadas com o objetivo de fundar uma literatura brasileira autônoma de Portugal.
Em meio à história de amor entre o índio Peri e a moça branca
Ceci, José de Alencar cria uma narrativa épica, cheia de amor, aventura, traição, lutas e vingança, prendendo a atenção do leitor a cada nova página.
O romance proclama a brasilidade, focando importantes aspectos da realidade brasileira do século XVII: o índio e o branco; a cidade e o campo; o sertão e o litoral.

Código do Produto: 9788572323383
ISBN: 978-85-7232-338-3
Formato:14 x 21
Nº de Páginas: 379
R$ 14,90


* * *

A doutrina de Buda 135 - Bukkyo Dendo Kyokai
Coleção A Obra-Prima de Cada Autor

O substantivo “buda” significa “iluminado” e é derivado do nome de uma árvore (bodhi). Como nome próprio refere-se ao príncipe Siddharta Gautama, fundador de uma das grandes religiões do mundo, e, para os budistas, modelo de perfeita virtude.
A referência à árvore remete à história de que depois de anos de experiências ao noroeste da Índia, sentado embaixo de uma árvore, Buda alcançou finalmente o nirvana, isto é, o estado que permite contemplar o ciclo da reencarnação universal.
Esta obra foi idealizada pela Fundação para a propagação do Budismo e possui distribuição mundial. Um verdadeiro alimento para o espírito, a tradução brasileira foi possível graças aos esforços do sr.Yehan Numata.

Código do Produto: 9788572328593
ISBN: 978-85-7232-859-3
Formato: 14 x 21
Nº de Páginas: 214
Nº Coleção: 317
R$ 14,90

* * *



A escrava Isaura n° 10 - Bernardo Guimarães
Coleção A Obra-Prima de Cada Autor

A campanha abolicionista de 1875 foi o pano de fundo perfeito para a publicação de A escrava Isaura. A obra narra as muitas desventuras de uma escrava branca, bela e de caráter nobre, que vive sob o jugo de um luxurioso e cruel senhor.
O romance – folhetim anti-escravagista e libertário, com fortes traços de idealização romântica – foi um grande sucesso editorial, conquistando a imaginação popular ante as situações intoleráveis do cativeiro e transformando Bernardo Guimarães em um dos mais populares romancistas de sua época no Brasil.
Além de retratar a realidade brasileira, A escrava Isaura ajudou a construir a identidade nacional do país recém-independente, mantendo-se como um clássico de leitura imperdível.

Código do Produto: 9788572322911
ISBN: 978 -85 -7232 -291 -1
Formato: 14 x 21
Nº de Páginas: 193
R$ 14,90

* * *

Histórias extraordinárias n° 32 - Edgar Allan Poe
Coleção A Obra-Prima de Cada Autor

“Poe é uma influência determinante em toda a nossa modernidade, o criador das histórias de detetive e das tramas de ficção científica, presente nas atualíssimas tendências fantásticas, góticas e underground. Mas ele é, acima de tudo, um esteta de talento que abriu caminhos para todas as correntes literárias de linha subjetivista e barroca que vieram depois dele. Trata-se de um escritor-crítico que tem pleno domínio da arte retórica e da arte poética, um artífice que controla, com mão de ferro e cordas de alaúde, os efeitos que exerce em seu leitor. Um arquiteto do estilo que sabe estruturar um conto como poucos (...).”
Eliane Fittipaldi

Traduzido por Eliane Fittipaldi e Katia M. Or
berg, Histórias extraordinárias reúne alguns dos mais conhecidos e importantes contos de Edgar Allan Poe: O gato preto, O enterro prematuro, A queda da casa de Usher, William Wilson e O poço e o pêndulo.

Código do Produto: 9788572328234
ISBN: 978-85-7232-823-4
Formato: 14x 21
Nº de Páginas: 118
R$ 14,90

* * *

Lira dos vinte anos n° 19 - Álvares de Azevedo
Coleção A Obra-Prima de Cada Autor

Como todo romântico influenciado fortemente por Lord Byron, a poesia de Azevedo contém traços marcantes de desejo, decepções, morbidez, tédio, melancolia e vício.
Mesmo muito jovem, Álvares de Azevedo se cansou da vida e dos dramas que todo adolescente enfrenta, usando esse descontentamento e a angústia da alma como combustível para suas criações.
A Lira dos vinte anos é uma de suas obras mais célebres e inclui alguns de seus poemas mais famosos: “Idéias íntimas”,“Spleene charutos”,“Lembranças de morrer”,“É Ela! É Ela! É Ela! É Ela” e “Se eu morresse amanhã”.

Código do Produto: 9788572323420
ISBN: 978-85-7232-342-0
Formato: 14 x 21
Nº de Páginas: 230
R$ 14,90

* * *

Gostaram das novidades da Martin Claret? Eu, particularmente, adorei! Nem preciso dizer que me interessei e que passei a desejar quase todos os cinco que apresentei hoje, não é? E as capas? Absurdamente lindas! Lembrando que todas essas novas edições estão conforme o novo acordo ortográfico.
Trarei em breve os outros quatro lançamentos da editora.
Continuem participando da promoção "O Vale do Terror". Vocês não vão perder a chance de conhecer uma das aventuras de Sherlock Holmes, não é mesmo?
Um abraço da @ericona.
Hasta!