27 fevereiro 2014

A minha poesia


Strings of love
fonte da imagem

Quanto vale a sua palavra?
Quanto vale a sua poesia?
O que faz a sua alegria?

Sopro as minhas palavras,
deixo que elas ganhem o mundo ao sabor do vento
e do tempo.

Minha poesia é gratuita:
lê quem quiser.

A minha poesia é flor que distribuo
em dias cinzas, como quem
faz questão de lembrar que a tormenta cessará
e a primavera
não tarda a voltar.

O que faz a minha felicidade é
incutir no coração de cada
um que me lê um pouco
mais de fé, de esperança
e de coragem.

A minha poesia, ainda que torta,
tem alguns poderes: o
de apaziguar e de incendiar.

O meu poetizar desconhece as regras
da métrica.
Ele é simples, torto,
louco.
É o jeito que encontrei 
de estender a minha voz.
É o meu modo de sacudir o mundo.
De avisar àquele que chora, resmunga ou implora:
"Ei! Eu estou aqui, e comigo
você pode contar!".

Poesia deveria ser dada de graça
na praça, na esquina, na mesa de um bar,
num ônibus que segue a rota beira-mar.

Poesia é para encantar,
para cativar,
para emocionar,
para impulsionar.

Por essas e outras, vez ou outra invento
versos e finjo ser poeta.

Erica Ferro

• • •
Quer ver o Sacudindo Palavras vencedor do prêmio TopBlog 2013 na categoria Variedades? Clique aqui para votar. Se o esquema de votação continua sombrio ao seu ver, clique aqui e leia o tutorial para esclarecer as suas dúvidas.
(...)
Quem ainda não curtiu a fan page do blog, dê um clique aqui. E, claro, siga também no Twitter clicando aqui.
(...)
Um abraço da @ericona.
Hasta la vista!

17 comentários:

  1. E você deveria fingir mais em ser poeta, por que 'finge' tão bem, tão bem, que parece mesmo que és uma ;} haha' Amei teus versos, Erica. Palavras pra encantar, isso é o que li aqui <3

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Gostei bastante das suas palavras

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Passando para lhe desejar um ótimo fim de semana e um carnaval na paz !
    Fiz meu blog recentemente, para poder compartilhar meu emagrecimento e minha atual vida saudável!
    Conheçam :

    www.semlutasemvitoria.com
    facebook.com/semlutasemvitoria


    Vai ser um prazer te retribuir !

    ResponderExcluir
  4. Nossa ! Muito lindo o poema, amei amei e amei , eu queria ter o dom de me expressar de tal forma atráves de poemas , mas definitivamente não nasci pra isso. Mais ou menos me garanto na prosa hahaha

    Beijos , Anna

    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Acho tão incrível o poder das palavras, quero dizer quando as mesmas são usadas por alguém que não só sabe utuliza-las, mas sim parece traduzir elas da melhor maneira possível para o leitor. Parabéns pelos belos versos.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Parabéns! Eu admiro quem consegue se expressar de uma forma tão bonita quanto a que você fez. Continue escrevendo sempre.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  7. A sua poesia é de encantar os corações mais puros e ate os mais severos. A sua poesia costuma deixar estrelinhas no ar que fazem com que os olhos de seus leitores brilhem.
    A sua poesia é simplesmente bonita, sincera.

    ResponderExcluir
  8. E eu finjo ser. Escrevo para conscientizar, aguçar, acordar, mostrar, demonstrar, um mix numa coisa só.

    Anos se passaram e só melhora. Beijos

    Mundo de Nati
    Fan Page Mundo de Nati

    ResponderExcluir
  9. Muito linda sua poesia!

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Fingir é para os outros. Você é poeta das águas e das palavras.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  11. Érica que linda poesia, é inevitável dizer que suas palavras durante a leitura vão nos conduzindo e num piscar de olhos estamos envolvidos pela poesia, adorei, beijinhos amiga e bom feriado :)

    ResponderExcluir
  12. Eu lia muita poesia quando era mais nova, preciso retomar este hábito. Seu texto é inspirador, até compartilhei na minha timeline!!

    Beijo, Van - Blog do Balaio
    balaiodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Erica, que poesia mais linda! Parabéns! Tu não finge ser poetisa, tu és. É com certeza uma das minhas postagens preferidas aqui no seu lindo blog. Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Oi Erica!

    Gostei bastante.
    Acho que seu texto traz beleza no movimento espontâneo das palavras.

    Até mais!

    ResponderExcluir
  15. Érica que poesia legal. Gostei. Continue assim fingindo ser poeta que a gente gosta. Abraços ;)

    ResponderExcluir
  16. Sua poesia Erica, não tem preço!!!! AmoAmoAmo Infinitamente como o amo que só a poesia desperta!!!

    ResponderExcluir
  17. Passeando pelos blogs encontrei o seu que é pura poesia misturada com realidade. Lindo como escreve e se coloca perante a vida e os leitores.

    ResponderExcluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?